Simulações

Certas coisas não dá pra reproduzir em laboratório. A gente bem que tenta, nas mesmas condições de temperatura e pressão mas, sem ser espontâneo, não acontece. Olhando de longe, até que é bem parecido.

Mas não é de verdade.

A gente também não simula tranquilidade. Na verdade, até simula, mas o faz mal. Alguma hora a realidade aparece, as pessoas se aborrecem, e quem paga de chata é você (que não queria dar dor de cabeça pra ninguém).

A gente não simula entusiasmo. Isso tem que vir de dentro. Posso arrancar energia, manter presença, mas o brilho nos olhos vai faltar.

A ausência transparece.

Não me considero uma pessoa dissimulada, mas até sei fingir quando preciso. Infelizmente, tenho sido bem mais transparente do que gostaria, especialmente em horas de insatisfação.

Enquanto isso brinco de ver de fora. Mesmo não sendo a mesma coisa.

Facebook comments:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>