Segredinho

A distância é dificil, sim, mas não é ausência. As vezes é mais complicado (saudade apertada), mas a maior parte do tempo passa com planos e sonhos e lembranças gostosas. Recebo carinhos às duas da tarde, de supresa, ouço boa noite na hora de dormir. O cuidado é maior, lembrança constante: estou pensando em você. As palavras se esticam, quase sem vergonha, para chegar um pouco mais perto. Os planos crescem, dia a dia, definitivamente impacientes.

O que as mãos não tocam, a alma afaga.

Continuo feliz.

Facebook comments:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>