Pé na sexta

Minha mãe cantava de manhã pra mim, toda sexta feira na época de escola, que era dia de alegria.

A minha sexta vai ser de várias outras coisas, todas juntas.

É meu último dia de trabalho no banco. Estava aliviada, até hoje. Agora me deu um aperto.

É o dia que vou brigar pela décima vez por uma matrícula que possibilitará a minha formação complementar em arquitetura.

É o dia que eu queria ir almoçar com a minha avó, plano não realizado de várias sextas passadas.

É o dia que eu vou fazer minha mala, na pilha, ouvindo uma música linda no talo e esboçando o meu sábado.

É o dia que vou ver minhas amigas e, espero, vamos concretizar nossos planos de bombância.

Dia cheio. Tomara que dê. E espero que passe rápido, ao mesmo tempo.

Sexta feira, colabora comigo.

Facebook comments:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>