Metas

Acordou na segunda feira, resolveu fazer a semana valer cada minuto. Anotou:

* Ir ao cinema mais de uma vez.

* Passar um dia inteiro trancada, pause no mundo, fazendo nada.

* Escrever 5 páginas.

* Malhar.

* Perder 1 quilo.

* Sair com as amigas de quinta a sábado, todos os dias.

* Ter uma conversa repetida, com frases inéditas, entre meia dúzia de opções possíveis.

* Muitas noites acordada, fazendo não interessa o que, acompanhada.

Nada impossível para ela. Mais difícil seria perder o quilo do que empenhar no dia sabático, mas vá lá, era possivel.

Na sexta feira o quilo já tinha sumido, as amigas já encontraram, ela foi na ginástica. Foi no cinema uma vez, não tirou o dia livre, nao escreveu uma linha, dormiu cedo e chorou todos, todos os dias.

Em nome da paz de espírito, botou outro item na lista:

* Sair com um menino ou muito lindo ou muito interessante, para livrar a cabeça das coisas que a corroíam.

Foi mais fácil e mais imediato que tudo na lista original. Parece na verdade, que os caras sentem cheiro, porque na primeira meia noite que ela ensaiou uma crise, o telefone tocou.

Incrível.

Mas me fala, ajudou?

Eu sei que eu incentivei esse comportamento, dentre outros discursos, porque eu a vi assim, perdida, sem saber o que fazer. Sugeri a lista, sugeri o menino, sugeri também que a gente saísse (porque eu mesma estava precisando) mas foi justo no dia que o cara ligou.

Eu sei que esse cara em questão, é perito em encontrá-la nas horas mais vulneráveis, e usar isso como ninguém. Ele é bom de colo. Ela não tinha necessariamente que ficar com ele. Ela podia rir.

Mas ela conta que, apesar das conversas otimas e do clima otimo e de tudo bom como sempre, simplesmente não era bom. Não era ele lá.

Por ironia essa frase voltou, no dia seguinte, jogada no ouvido dela.

They hate to say I told you so.

Facebook comments:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>