Forever spring

Patricia Field, figurinista e 5a protagonista do Sex & the City, conta que a primeira inspiração dela para as roupas dos seriados é o que ela chama de eternal spring.

Como todos sabem, NYC tem estações do ano super bem definidas. Mas foi escolhido, pelo menos nas 5 primeiras temporadas, que os poucos capítulos se passariam numa época de temperatura amena, que daria maior liberdade às roupas e, de quebra, às histórias.

Se vocês prestarem atenção, os modelos mudam, as tendências mudam, as it-bags, it-shoes e it-designers mudam também. Mas a gente só vê a estação mudar na 6a temporada – sendo que isso só aconteceu pra dar a sensação de que o tempo passou, e muito.

Lembrei do forever spring ontem, saindo de casa, quando fui escolher minha roupa e não precisei nem de um casaquinho. Sábado a noite, fim de junho, época de festa junina, quentões e fogueiras, época de frio. Em BH, pífios 20 e poucos graus. Em São Paulo, mais friozinho, nada que supere uma primavera novaiorquina. Forever Spring.

Bom para as meninas que podem adotar os vestidos soltinhos com cintões marcados, tendência chave do mesmo sex & the city, o filme. Pernoca de fora em pleno inverno, só em terra de forever spring. Essa última semana, inclusive, me deparei nas ruas com várias das outras grandes tendências chaves do seriado: a flor na lapela das 1as temporadas, o colar com o nome, os saltos vertiginosos, as cinturas marcadas. A mãe usa, a filha usa, a fashionista usa e tem gente que usa sem nem saber de onde veio. Total popularização.

Outras são mais difíceis de indentificar no dia a dia. Tendências polêmicas como o decote nas costas com o sutiã aparecendo, cores primárias misturadas, combinações inusitadas, o crossover que só Carrie domina bem.

Carrie não, Patricia Field.

Gostaria que as meninas experimentassem mais esse lado do Sex & the City. Carrie e Patricia só são tão reconhecidas pela moda que fizeram porque souberam sair do clichê fashion. Todo mundo gosta mesmo dos detalhes menos polêmicos, mas temos outros milhões de filmes e séries com figurino corretinho que não chamam a atenção de ninguém. O legal mesmo, é experimentar tudo. Usar nosso forever spring pra colocar o vestidinho de cintura marcada sim, com um trench, saltão, meia de cor ou textura gritante, e uma bolsa descombinada. Colocar um top de tecido e trabalho precioso, com o jeans ou short acabadinho. Mudar tudo. Misturar.

E criticar menos a ousadia da Carrie. Essa é a sua essência.

Facebook comments:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>